Quiropraxia, Reiki, Reflexologia e Iridologia

Quiropraxia, Reiki, Reflexologia e Iridologia

Conheça nossos Terapeutas!

A Clínica LACS disponibiliza diversas terapias integrativas holísticas, dentre elas: Iridologia, Quiropraxia, Reiki e a Reflexologia.

 

 

O que é a Iridologia?

 

 

A iridologia, iridodiagnose ou irisdiagnose é uma forma de diagnóstico na qual a análise da íris (estrutura anatómica do olho) permite que se conheça o estado de saúde do doente, baseado na suposição de que alterações nesta estrutura refletem doenças específicas[1].

Este sistema de diagnóstico foi inventado por Ignatz Peczely, um médico húngaro que publicou as suas ideias em 1893. A história reza que Peczely, quando era uma criança, encontrou uma coruja com uma perna partida. No momento que pegou na coruja reparou numa proeminente faixa preta na íris do olho do pássaro. Peczely cuidou o pássaro até à sua recuperação e então reparou que a faixa negra havia desaparecido, substituída por linhas brancas esfarrapadas. A partir desta única observação, Peczely desenvolveu a noção de iridologia.

Na verdade, Peczely começou a sua carreira profissional como homeopata e “curandeiro milagroso”. Mais tarde, obteve a licenciatura em medicina.

A ideia que Peczely prospectava é a de que a íris representa um mapa do resto do corpo, incluindo sistemas de órgãos como se pode verificar:

 

 

A reflexologia, acupuntura auricular e até quiropraxia e a osteopatia (de forma parcial) seguem essa abordagem.

Sabendo quais os órgãos mais fracos, o iridólogo indica a pessoa para o médico especialista que cuida de determinado problema e ainda para outros profissionais da área da saúde como por exemplo, nutricionistas, fisioterapeutas, dentistas, psicólogos, educadores físicos, entre outros.

Os iridologistas entendem que detalhes da íris refletem mudanças específicas nos tecidos dos órgãos. Por exemplo, sinais de "inflamação aguda", "inflamação crônica" e "catarral" corresponderiam a "envolvimento", "manutenção" ou "cura" dos órgãos correspondentes à zona da íris afetada. Outros achados seriam os "anéis de contração" e "klumpenzellen", que indicam outras condições.


[1] Cf. este sítio eletrônico: https://www.scimed.pt/geral/iridologia-fraude-nonsense-e-ignorancia-cientifica/

 

 

O que é o Reiki?

 

 

O Reiki é uma técnica japonesa para redução do estresse e relaxamento que promove a cura. É transmitido através da “imposição de mãos”. A palavra Reiki é composta de duas palavras japonesas: Rei – “sabedoria divina ou o poder superior” – e Ki – “energia vital”. Acredita-se então que Reiki é a energia vital[1].

Em um tratamento, o paciente sente como se um maravilhoso fluxo de energia positiva passasse através e ao redor de seu corpo. O Reiki trata a pessoa como um todo, incluindo corpo, emoção, mente e espírito, criando muitos efeitos benéficos que incluem relaxamento, um profundo sentimento de paz, segurança e bem-estar.

Ou seja, Reiki é um método simples, natural e seguro de cura e melhora que todos podem usar. Tem se mostrado eficaz na cura de, praticamente, todas as doenças conhecidas e cria efeito benéfico, e pode ser usado em conjunto com todos os outros tratamentos médicos ou terapêuticos para aliviar efeitos colaterais e promover recuperação mais rápida, não havendo nenhuma contraindicação.

Na oncologia, depressão, fadiga, ou mesmo só para relaxamento, o Reiki torna-se uma terapia complementar cada vez mais usada. Os seus efeitos comprovados e a sua simplicidade, levam cada vez mais pessoas a procurar uma sessão de Reiki[2].

Como dito o Reiki é uma prática secular de tratamento por meio das mãos, baseado em uma crença oriental, o reiki tem ganhado espaço também no mundo ocidental, e, por isso, ao longo dos últimos anos, vem sendo praticado como terapia complementar em clínicas e hospitais dentro e fora do Brasil. 

Apostando na ideia de que a transmissão de energia para o corpo por meio da imposição das mãos sobre determinadas partes do organismo é uma forma de tratar diversas doenças, a terapia é cotada para reduzir ansiedade, fadiga, dores crônicas e até como coadjuvante em tratamentos contra o câncer. Ela é considerada pelos seus praticantes como um tratamento holístico que traz alívio espiritual, mental, emocional e físico. 

Tanto isso é verdade que já há análise científica sobre a prática do Reiki em diversos tratamentos, pois um dos mais recentes estudos sobre o tema teve seus resultados apresentados na Conferência da Sociedade Britânica de Oncologia Psicossocial, em março deste ano, na Inglaterra, e chamou a atenção de médicos e outros profissionais da saúde[3].

Durante um ano, pesquisadores da Universidade de Huddersfield, no Reino Unido, entrevistaram mulheres com câncer que receberam sessões de reiki como forma de tratamento complementar. Entre os benefícios avaliados, foram destacados resultados significativos de relaxamento corporal, melhora na qualidade do sono e redução da pressão arterial.

Os participantes descreveram sentimentos de paz interior. O reiki também foi associado a benefícios físicos, incluindo alívio da dor e redução dos sintomas da doença, e cognitivos, tais como sentimento de esperança e melhora da autoconfiança - explica a pesquisadora Serena McCluskey, que comandou o estudo.

Por fim, o Reiki vem sendo denominado como uma terapia integrativa que é utilizado de maneira complementar em diversas espécies de tratamentos, prática que vem obtendo sucesso comprovado na prática curativa.

 


[1] Cf. este sítio eletrônico: https://www.astrocentro.com.br/blog/bem-estar/o-que-e-reiki/

[2] Cf. este sítio eletrônico: http://www.associacaoportuguesadereiki.com/reiki/reiki-em-portugal/2013/04/23/como-sera-uma-sessao-de-reiki-o-que-perguntar-o-que-esperar/

[3] Cf. este sítio eletrônico: https://gauchazh.clicrbs.com.br/saude/vida/noticia/2015/05/saiba-o-que-e-e-como-funciona-o-reiki-4756535.html

 

 


O que é Quiropraxia?

 

A quiropraxia estuda a relação da estrutura do nosso corpo (coluna vertebral) com a função do organismo (sistema nervoso). Quando nossa coluna vertebral está desalinhada, temos uma perda da função do sistema nervoso.

 

 

quiropraxista ajusta a coluna vertebral, mantendo ela alinhada para manter a saúde, melhor flexibilidade e postura, maior resistência física e imunológica, melhor rendimento, disposição e energia.

A coluna vertebral protege uma parte do sistema nervoso, que monitora, controla e regula toda a função corporal, portanto é fundamental que a coluna vertebral esteja funcionando corretamente para que o sistema nervoso trabalhe sem interferências.

As atividades do nosso dia a dia, os movimentos repetitivos e as más posturas fazem com que as articulações da coluna vertebral percam seu alinhamento ou movimento normal.

O tratamento de quiropraxia consiste no uso de técnicas manuais, que tem o objetivo de melhorar a função do sistema nervoso e das articulações, principalmente da coluna vertebral.

Na consulta inicial é realizada uma avaliação com histórico do paciente, palpação e testes especificos da técnica a ser utilizada. Também é feito uma análise dos exames de imagem (raio-x, ressonância magnética, tomografia) quando necessário. Um plano de tratamento é traçado com base nos resultados da avaliação.

O tratamento de quiropraxia é dividido basicamente em três etapas. A primeira visa eliminar ou reduzir os sintomas da subluxação (desalinhamento da coluna), a segunda a estabilização e por último a manutenção que progredir com o bem estar.


A História da Quiropraxia 
 

A quiropraxia foi desenvolvida por Daniel David Palmer em 1895, nos Estados Unidos. A primeira escola para a formação de quiropraxistas foi iniciada em Davenport, estado de Iowa, em 1897.

A palavra “quiropraxia” é derivada de duas raízes gregas: Quiro - mãos e Praxis - praticar “praticar com as mãos”.

No Brasil, a Universidade Feevale e a Universidade Anhembi Morumbi introduziram o curso em 2000, com duração de 5 anos, foi reconhecido pelo MEC em 2005.

Fonte: http://www.danielasilvestrino.com.br/quiropraxia.html

 

 

O que é a Reflexologia?

 

A reflexologia teve sua origem na China, há cerca de 5 mil anos atrás, apesar de não existirem documentos que comprovem a data exata, já que muito se perdeu ao longo da história da medicina chinesa.
A Reflexologia é uma terapia alternativa holística que consiste na aplicação de pressão na face do rosto, nas orelhas, nos pés e nas mãos de forma a produzir um efeito benefíco aos órgãos de forma reflexa. A pressão é aplicada com o polegar, dedos, mãos ou algum instrumento, segundo técnica específica.
 
Confira o mapa da face do rosto:
 
 
 
Das Orelhas:
 
 
Das Mãos:
 
 
Dos Pés:
 
 
Trata-se de uma terapia simples e natural, não invasiva, que visa estimular as forças internas de cura do corpo, proporcionando bem-estar físico, mental e emocional.
Essa espécie de terapia estimula pontos que correspondem a regiões de todo corpo. A técnica ajuda a aliviar dores, diminuir o estresse e melhora a circulação sanguínea, entre outros benefícios.
Por fim, dessa forma, a reflexologia é comumente utilizada nos seguintes casos:

Dores:

  • Dor de cabeça e enxaqueca;
  • Dores na coluna;
  • Dor muscular;
  • Dor no nervo ciático;
  • Torcicolo;
  • Dor de garganta;
  • Dor no estômago.
  • Doenças inflamatórias:
  • Sinusite;
  • Rinite;
  • Cistite;
  • Amigdalite.
 
Disfunções ginecológicas: 
  • Síndrome do ovário policístico;
  • Tensão pré-menstrual;
  • Cólicas menstruais;
  • Impotência sexual;
  • Menopausa.
  • Doenças gastrointestinais: 
  • Constipação intestinal;
  • Azia;
  • Má digestão;
  • Gastrite;
  • Hemorroida.
Problemas emocionais:
  • Depressão;
  • Ansiedade;
  • Insônia.


Fonte: https://www.dicasdemulher.com.br/reflexologia/